06_buffalo

Com as roupas ainda úmidas das águas do Niágara, chegamos à cidade de Buffalo. Fomos direto ao Burning Buoks, que é uma livraria anarquista e engajada na divulgação de lutas ambientais radicais. A maioria absoluta dos livros é ligada a temas como Animal Liberation Front (ALF) e Earth Liberation Front (ELF). Membros do coletivo editam a revista Earth First e são os porta-vozes, isto é, o rosto público que anuncia ou comenta com a imprensa quando há alguma ação da ELF na América do Norte. O que é um trampo bem louco, já que você vai ser quem vai explicar e assumir que foi tal organização que incendiou uma fábrica que polui as águas e o solo ou destruiu um laboratório que realiza testes em animais. O espaço funciona numa esquina pacata da cidade há pouco mais de 3 anos. Depois de serem despejados de outros lugares, finalmente compraram a loja e montaram ela no melhor estilo “faça-você-mesmx”. Simples e bonito. Nossa atividade foi junto com outro grupo de Libertação Animal que esteve envolvido em campanhas e ações recentes contra laboratórios que realizam testes em animais.

20150918_175245 20150918_175207 20150918_18191820150918_181938

De lá fomos para a cidade de Pittsburgh, no estado de Pensilvania, para o nosso primeiro dia com duas atividades. A cidade é bem parecida com aquelas dos filmes americanos de universidade mas me disseram que é porque tá rolando uma tremenda gentrificação e que o Google tá hipsterizando os bairros todos por lá. Chegamos cedo e logo pela manhã acompanhamos uma tour pela cidade mostrando pontos importantes da grefe de ferroviárixs no fim do século XIX, que culminou em um confronto armado entre anarquistas e milícias armadas da direita.

Nossa atividade foi numa universidade que fica dentro de um prédio que é também uma catedral. Um visual muito louco que mistura algo de neo-gótico com arranha-céu moderno. Tipo Harry Potter com Blade Runner, se isso fizer sentido. O lugar era medonho e fácil de se perder lá dentro. Foi a atividade mais lotada que tivemos, com cerca de 120 pessoas. Financeiramente também ajudou muito porque era mais gente para colocar trocados no chapéu e o pessoal da organização fez um evento antes para levantar fundos e nos deu o dinheiro quase que suficiente para uma passagem de avião de um de nós. Então, voltar pra casa já está quase garantido.

20150919_14371920150919_151243

No mesmo dia, à noite, fomos para uma outra casa que funciona como centro social, onde algumas pessoas moram pois lá estava marcado o segundo debate. Para não fazer a mesma coisa, elaboramos questões relacionadas aos temas e jogamos para as pessoas da cidade compartilharem suas próprias experiências ao invés de somente ouvir de nós mais uma vez.

Dia seguinte, estrada por apenas uma hora até a cidade de Columbus para uma outra apresentação inusitada. Dessa vez numa igreja metodista da região. Foi engraçado falar numa igreja no domingo, mas afinal, estamos fazendo uma parada bem estilo Jesus Cristo indo de cidade em cidade, falando na praça e pedindo um lugar pra dormir e comer antes de partir na manhã seguinte hehe… A diferença é que a mensagem passamos é que nem Deus nem Mestres podem nos salvar!

20150919_125952

Diário de viagem no blog:

paramudartudo.com/blog

Diário de viagem no Facetruque:

facebook.com/paramudartudo

ROTEIRO e outras informações:

crimethinc.com